A vida nos impõe necessidades e nós temos os nosso desejos de satisfação. Isso vale para diversas decisões pessoais, inclusive a compra de um carro novo. Como decidir uma compra de um carro hatch 0km até R$ 60.000,00? Custo-benefício é importante, mas a emoção de ter nas mãos um carro muito desejado também conta.

Iremos utilizar valores arredondados, para facilitar as comparações. E nem vamos entrar aqui na questão usado x novo (isso fica para outra matéria, em breve!), e sim ficar nas opções de carros novos oferecidos no mercado nacional no primeiro semestre de 2018.

Claro que além dos valores serem arredondados, existe as boas negociações das fábricas e concessionárias, que não tem como prever. Vale a “pechincha” e o “choro” para o desconto definir uma boa compra. Clique nos nomes dos carros que estão com links para mais detalhes de motorização, itens de série, opcionais, etc… Estão listados em ordem crescente de valores.

Se o menor valor possível é a prioridade, e você precisa ficar abaixo dos R$ 40.000,00, então as opções são os populares de entrada. Hoje (maio de 2018), o carro mais barato do Brasil é o Chery New QQ Smile 3cil 1.0, completo por menos de R$ 27.ooo,oo, seguido pelo Reanult Kwid Life 3cil 1.0 (básico) de R$ 31.ooo,oo ou o um pouco mais completo Kwid Zen 3cil 1.0 por R$ 37.000,00 (também tem a versão Intense 3cil 1.0, mas o valor pula para R$ 41.000,00!); Fiat Moby Easy 3cil 1.0 (básico) R$ 33.000,00 e VW Take Up! (básico) 3cil MSI 1.0 R$ 38.000,00. Neste caso de faixa de valor as opções ficam mais por conta do racional: um chinês completo e o mais baixo preço possível em um 0km; um francês que inventou a categoria de “SUV dos compactos” (e ficou bonitoo design para a proposta); o italiano subcompacto de visual agressivo; ou o alemão também subcompacto com o melhor quesito em segurança do país. Todos visam o uso na cidade, possuem pouco espaço e muita economia.

Acima deste patamar se encontram várias boas opções, a começar pelo Fiat Uno Drive 3cil 1.0 e e GM Onix Joy 1.0 por cerca de R$ 42.000,00, onde a decisão fica entre um Fiat que subiu de patamar na montadora ou um Chevrolet com visual da geração passada. O Chery Celer 1.5 e VW Gol Trendline 3cil MSI 1.0 por pouco mais de R$ 43.000,00, facilitando a decisão para este valor devido ao pouco conhecido chinês em relação ao mais tradicional carro do país.

O simpático Citroen C3 Start 3cil 1.2 sai por R$ 44.000,00 , em que o motor aqui é melhor para um uso misto entre cidade e estrada – todos os outros até aqui são feitos para uso urbano. Com R$ 45.000,00 – lembre-se, estamos arredondando os valores – temos o recém lançado Fiat Argo 3cil 1.0, que mostra muita modernidade.  O espaçoso Reanult Sandero Authentique 3cil 1.0, que tenta disfarçar sua construção espartana com acessórios convenientes. Um dos mais vendidos do Brasil: Hyundai HB20 Confort 3cil 1.0, graças ao design e itens de série. Finalizado com a Ford no seu evoluído Ka S 3cil 1.0, de boa tecnologia e aproveitamento de espaço.

Pulando para os R$ 45.000,00 temos o  Nissan March SV 3cil 1.0, com visual renovado e confiabilidade japonesa. A Fiat com uma boa opção de Argo Drive 3cil 1.0 por cerca de R$ 47.000,00 com mais itens do que a versão do Argo citada anteriormente. Mesmo valor do Gol Track MSI 1.0, de visual exclusivo na frente inteira (parachoques, faróis de neblina e capô), além de detalhes estéticos por todo o carro.

Já com R$ 48.000,00 podemos começar a pensar no Vw Move Up! 3cil  MSI 1.0 completo. E a motorização começa a melhorar com controles de estabilidade e tração do Toyota Etios X 1.3, racionalidade japonesa com potência para uma estrada. Mas se precisa de mais cilindrada pense no VW Gol Trendline 1.6 de 104cv, motor antigo mas de visual renovado no Volkswagem G7 por R$ 49.000,00.

Quase no limite, aos R$ 50.000,00 temos o Fiat Uno Sporting 1.3, de tecnologia Firefly possuindo um cilindro a mais que seus irmãos 1.0 e tanta disposição dos seus 109cv quanto um motor 1.6. E o lançamento mundial VW Polo 3cil MSI 1.0, com o que há de melhor na engenharia de um compacto. Briga interna com o intermediário Fox Connect 1.6, o mesmo antigo motor EA111 do Gol. Também é possível encontrar o Ford Ka  SE1.5, mais uma boa opção com mais cilindrada e 110cv.

Avançando a casa dos “R$ 50”, aparece pela primeira vez em nossa lista a Peugeot com o 208 Activ 3cil 1.2, mesmo motor do já citado Citroen C3 Start, um dos mais econômicos hoje no mercado por não girar o RPM tão alto quanto os 1.0 aspirados. O Nissan March SV 1.6 é interessante com seus 11cv.  Uma grata surpresa é a Citröen oferecer promocionalmente o AIRCROSS Start 1.6 por aproximadamente R$ 53.000,00 – lembrando que ofertas e promoções não são fixas, mas quando fizemos a pesquisa gostamos de ver este anúncio!

VW Up

Se a emoção ainda não te pegou pelos lançamentos como Argo e Polo, nem pela esportividade do Uno Sporting, nem pelo sucesso do HB20, nem pela boa fama dos japoneses March e Etios, ou tão pouco pela cilindrada do Gol lembrando os tempos de GT… Agora não irá resistir ao VW Move Up! 3cil 1.0 TSI por cerca de R$ 54.000,00! Bom aproveitamento de espaço, tecnologia e desempenho do turbo que lembra muito um esportivo – apesar não ser.

Então some o motor do Uno Sporting à novidade do Fiat Argo, e por R$ 55.000,00 estará com a versão completa Drive 1.3 Firefly. O mesmo valor de um Etios X-Plus 1.5, com mais cilindrada e ótima credibilidade da rede Toyota e também mesmo valor de um Fox Extreme 1.6 (mesma motorização VW citada anteriormente), com mais acessórios estéticos. E quase o mesmo preço de uma versão quase topo de linha do atual campeão de vendas Chevrolet Onix LTZ 1.4 por R$ 56.000,00 – acima dele só a versão com câmbio automático ou a Activ, que passariam de nossa meta de valor. Por este valor também sai da VW de Polo 1.6 MSI.

Que tal então partirmos para os motores atuais 1.6: Por R$ 57.000,00 o Renault Sandero GT Line não possui o refinamento mecânico do R.S. 2.0, mas o 1.6 de visual esportivo já empolga. Assim como o “aventureiro” Renault Stepway, mas com valor cerca de R$ 2.000,00 a mais… A Ford só nessa altura da pesquisa mostra o Fiesta, no modelo SE 1.6, pelo mesmo valor. Para não dizer que as peruas morreram ( #SaveTheWagons ) a Volkswagem vende a Spacefox Confortline por cerca de R$ 59.000,00 – não é bem uma wagom, é um hatch esticado.
A sigla GT mexe com seu coração? Pois a Kia está vendendo o sedutor Picanto GT 3cil 1.0, com acabamentos e detalhes dignos de um esportivo que encanta qualquer um! Mas por R$ 59.000,00 poderia ter colocado um motor mais forte do que o do HB20, de quem compartilha a mecânica.
Batendo no teto de nossa proposta podemos colocar aqui uma SUV – já que está tão na moda – só por comparação de alcance de valor: a JAC T40 1.5 por aproximadamente R$ 60.000,00 nessa chinesa que remodelou toda sua linha para o gosto brasileiro, e nos faz questionar a compra de uma van. Ou quem sabe uma wagom, como a já falecida Fiat Palio Weekend, que poderia ser uma sobrevida às verdadeiras station wagons, mas é apenas sobra de estoque com a Attractive 1.4 por R$ 61.000,00 (sem falar no absurdo estratosférico de R$ 80.000,00 – totalmente fora de nossa meta de valor – em que pode chegar na exagerada versão Adventure Locker!).
Como última menção, vale pechinchar para chegar perto da casa dos “R$ 60” o único esportivo 0km verdadeiro criado no Brasil Renault Sandero RS 2.0, que realmente tem ajuste na suspensão, no câmbio, na eletrônica… tudo para ficar um carro digno de trackday! Por tabela custa em torno de R$ 63.000,00, quem sabe quebrando o cofrinho dá pra chegar lá… Mas aí é pura emoção liquidando com a razão.
Texto: Marco Escada
Fotos: divulgações na internet
Foto capa da matéria: Jornal do Carro / Estadão
Deixe sua mensagem