Gostaríamos de debater sobre o mercado de carros usados ou novos, conforme analisado em nossa matéria de 0km (clique aqui para ver), que partem de aproximadamente R$ 30.000,00 até o limite que estipulamos de R$ 60.000,00. Afinal, pelo que pudemos constatar as opções de carros novos partem de compactos básicos com os motores 3 cilindros 1.0 aspirados até no máximo alguns 1.6 sem muita emoção. A revista Car And Drive Brasil deste mês de junho de 2018, coloca como melhores opções de 0km:

  • Reanult Kwid Zen (até R$ 45.000,00 – com VW Take Up! e Chery QQ ACT fechando o pódio);
  • Toyota Etios X 1.3 (até R$ 50.000,00 – com Fiat Argo Drive e Chevrolet Onix Joy nos três primeiros lugares);
  • Toyota Etios X 1.3 A/T (até R$ 55.000,00 – Toyota Etios Sedan 1.5 MT e Renault Logan Expression em seguida);
  • e Toyota Etios X Plus 1.5 A/T (até R$ 60.000,00 – com VW Virtus 1.6 MSI e VW Polo 1.6 MSI encerrando as primeiras colocações até este valor).

Ou seja, carros mais racionais, perfeitos para cidade, mas sem apelo nenhum de emoção aos gearheads – entusiastas de automóveis.

E é justamente aqui que entra a questão: emoção. Com estes valores, olhando para o mercado de usados, temos inúmeras opções que oferecem mais prazer ao dirigir, com conforto, espaço e potência. Quem não gostaria de acabamentos refinados, bancos aveludados ou esportivados, motor pronto para pegar uma estrada com segurança com um grande porta-malas para levar e trazer tudo o que quiser.

Mas a razão tem seus motivos também. O principal deles é a economia de combustível, que nos dias de hoje realmente é um ponto importante. Os tricilíndricos conseguem uma boa resposta do motor consumindo pouco. Mas para isso o carro precisa ser pequeno e leve, ideal para uso nos engarrafamentos das grandes metrópoles. Com ajuda do turbo essas mil cilindradas parecem muito mais, graças o torque e relação peso x potência dos carros atuais.

Veja abaixo o que a emoção encontra no mercado de usados e também a razão no mercado de novos.

Carros usados que já estão se tornando clássicos

O mercado de carros antigos (ou de colecionadores, também chamado de antigomobilismo) cresceu muito nos últimos 5 anos. Não faz uma década atrás que carros como Opala, Maverick, Dodge Dart e até mesmo Karmann Ghia eram comprados por valores bem mais baixos, como de qualquer outro antigo nos lojistas. Hoje estão valorizados, algumas raridades chegam a passar nossa pesquisa dos R$ 60.000,00. Claro que com pesquisa se encontram boas pechinchas, inclusive abaixo de nossos R$ 30.000,00 iniciais – talvez com metade deste valor já se encontram boas opções de clássicos para uso diário.

Entram nesta lista carros dos anos 40 aos anos 70, passando aí por DKW Belcar, Ford Corcel, Fiat OggiFusca e outros VW com motor boxer refrigerado à ar… tudo depende do exemplar e sua raridade nos dias de hoje. Claro que o estado de conservação é fundamental para seu valor. Pode ser um perfeitamente original, imaculado, que tem seu valor elevado ao máximo. Pode ser um restaurado e aqui entram questões como manter originalidade ou realizar melhorias e customizações. E também os mal cuidados, que tem um valor baixo, porém necessitam trabalho de restauro ou pelo menos manutenção para rodar com segurança.

Quais seriam os novos clássicos?

Os anos 80 já despontam com alguns carros considerados clássicos pela sua importância na história automobilística nacional, como os Gol GT, GTS e GTi, por exemplo. Todas as fábricas possuem algum modelo que marcou época, como o Uno na Fiat, o Monza na Chevrolet, o Escort na Ford e o Passat (tradicional fastback) na Volkswagen. A continuação desses carros, ou sucessores deles também criam os “novos clássicos”: carros que foram marcantes mas ainda não estão valorizados, porém podem subir de valor com o passar dos anos.

Quem sabe estes novos clássicos sejam dos anos 90, como os Fiat Tempra e Marea com suas versões turbo; Chevrolet Omega e Vectra em todo seu requinte; Ford Verona e Versailes na épica Autolatina; Volkswagen Santana e família Gol (Parati / Saveiro) Geração II “Bolinha” dotados do AP 2.000 em seu auge…

Crédito da foto: VW GTI 16v

Quais seriam os carros atuais que serão clássicos no futuro?

Parando para pensar no Século XXI, já com injeção eletrônica, AirBag, ABS, direção elétrica, GPS, bluetooth, câmera de ré e todos os sensores eletrônicos nos carros contemporâneos, fica mais fácil escolher a razão. Hoje em dia é cada vez mais comum ter todos estes itens à bordo, com silêncio e segurança.

VW Up!

E talvez os carros do início dos anos 2000 como um Fiat Stilo Schumacher, um Chevrolet Vectra hatch GTX, um Ford Focus Ghia de primeira geração, um Volkswagen CrossFox, Peugeot 206 Quicksilver, Renault Clio Sport, Citroen Xsara Picasso sejam vistos como clássicos daqui alguns 20 anos… Só o tempo dirá.

Assim como os mais recentes Fiat Bravo T-Jet, GM Cruze Sport 6, Ford Fusion, VW Up! TSI, Peugeot 208 GTi, Renault Sandero R.S., Citroen Aircross… será que serão ainda mais valiosos daqui 30 anos?!

Unindo emoção com razão

A conclusão é que tudo depende do uso que cada pessoa quer do seu carro. Seja para uso em congestionamentos, seja para longas viagens. Cada pessoa tem sua etapa de vida e deve conviver com seu carro para trazer boas lembranças. Solteiros, casados, famílias grandes ou pequenas, rotinas em trânsito intenso ou uso em estradas para quem gosta de viajar… Tudo isso ligado à condição financeira do momento ao escolher o carro. E como é um bem material, a compra e venda são certezas, portanto, usufrua e não se apegue demais!

Excêntricos

Se dinheiro não for problema e esquecermos das finanças, existe um mundo ideal! Alguns projetos especiais fazem empresas produzirem carros antigos nas fábricas de hoje, como o Jeep Willys saindo zero km. Ou remodelações para manter o charme e história do antigo com as tecnologias dos dias de hoje, como o Fiat 500, Ford Mustang, GM Camaro, Mini Cooper pela BMW e o VW Fusca atual. Mas tudo por valores que poucos podem pagar…

VW Fusca 2018. Crédito: carros2018

Compartilhe com quem está pensando em comprar um carro, seja 0km ou um usado!

 

Texto e fotos com logotipo f1ponto8s: Marco Escada

#1ponto8 #f1ponto8s

Deixe sua mensagem